Quinta-feira, 09.03.17

As camisolas de lã

Este inverno comprei camisolas de bons materiais. Comprei uma camisola de lã (lambswool), uma de caxemira e uma de merino. Todas são bonitas, quentes e confortáveis. O único inconveniente das camisolas de lã é a lavagem. Têm de ser lavadas à mão para evitar borbotos, manter a forma e fazer com que durem mais tempo.

 

Como fico extenuada apenas por pensar em lavar roupa à mão, tive uma das camisolas mais de um mês no saco da roupa suja à espera de ser lavada. Ontem fui buscar a camisola para a lavar. Olhei para ela, cheirei-a e pareceu-me limpa outra vez. Mesmo assim, apesar da ilusão de limpeza, decidi prosseguir com o plano original. Coloquei a camisola numa bacia, enchi-me de coragem, e fui pesquisar como lavar roupa de lã.

 

Aqui está uma breve descrição do que se seguiu:

  1. Pus música de limpeza a tocar
  2. Enchi uma bacia de água fria juntei um agente de limpeza. Ontem, como não tinha detergente para lã, usei minha espuma de limpeza de rosto
  3. Apalpei/agitei a camisola e depois deixei-a de molho um pouco
  4. Mudei a camisola para um recipiente com água limpa (lavatório), agitei um pouco, mudei a água e agitei de novo a camisola 
  5. Peguei na camisola até que deixou de escorrer água e embrulhei-a numa toalha para absorver a maior parte da água*
  6. Estiquei a camisola horizontalmente em cima do estendal

Honestamente, depois deste trabalho todo, só volto a lavar camisolas de lã quando o frio acabar e arrumar as camisolas no fim da estação.

 

*para escrever este post fiz mais alguma pesquisa e percebi que o correto é estender uma toalha branca sobre uma superficie plana, colocar a camisola por cima, enrolar e apertar suavemente para retirar a maioria de àgua

tags:
publicado por marttokas às 22:57 | link do post | comentar
Quarta-feira, 15.02.17

Bla bla bla resoluções

Passaram-se exatamente 45 dias desde o inicio do ano.

Eu e muito boa gente, há 45 dias atrás, estávamos a beber champanhe, ver fogos de artifícios e a prometer um excelente 2017 cheio de magreza, vida saudável, muitos novos conhecimentos, viagens e outras coisas do género.

Como já é hábito, no final do ano passado, estableci alguns objetivos para 2017. Meditei nas áreas da minha vida que quero desenvolver, escrevi vários objetivos num caderno e depois transferi-os para o Trello

 

Em vez de guardar os meus objetivos numa gaveta e deixar que se transformem num monte boas intenções vazias de ação, decidi que a marca dos 45 dias era uma marca tão boa quanto outra qualquer para fazer uma revisão e certificar-me de que estou no bom caminho.

Comecei por reler o que o que escrevi à nos últimos dias de 2016 e fazer um balanço dos diferentes objetivos.

Pontos positivos:
  •  Cortei o cabelo (dá para perceber a profundidade das minhas resoluções de ano novo)
  •  Li um livro da lista (A Tragédia da Rua das Flores, Eça de Queirós)
Pontos negativos:

Não fiz absolutamente mais nada. Apesar de ter identificado algumas micro tarefas para fazer semanal ou mensalmente, pouco se traduziu em ações. Distracção, preguiça, um sofá demasiado confortável, eventos cancelados, trabalho até horas tardias... tenho uma infinidade de desculpas. O pior, é que fico a pensar que devia fazer coisas que não estou a fazer, o que me deixa com um ligeiro sentimento de culpa que torna a minha vida menos agradável.

 

Vou tentar uma outra estratégia durante o mês de fevereiro. Vou focar-me em muito, mas mesmo muito menos coisas. Mais concretamente, vou focar-me num objetivo de longo prazo e numa tarefa especifica a cada semana.

 

O objetivo de longo prazo é fazer 15 minutos de exercícios de gramática francesa por dia. Apenas 15 minutos. Menos de meia dúzia de exercícios. Para me motivar fiz o que fazia quanto era miúda e tentava poupar. Desenhei um termómetro em que cada nível colorido representa 15 minutos de estudo concluídos. O objetivo é chegar ao topo, preenchendo todo o termómetro (a baixo uma foto de má qualidade como ilustração).

term.jpg

 

15 minutos por dia, ao longo de 22 dias dá um total de 5,5 horas de estudo. Se adicionar 2 ou 3 horas de francês que falo diariamente no trabalho são mais de 40 horas em contacto com esta língua maravilhosa e senhorial. Se estiver mesmo inspirada, pode ser que ainda comece a ler um dos livros em francês da minha lista de leitura e que veja um filme ou dois.

O ultimo parágrafo é um exemplo claro de como tenho a intenção de fazer muitas coisas, mas que normalmente resultam em muito pouco. O foco são os 15 minutos diários. Apenas 15 minutos, todos os dias.


Em adição ao objetivo de longo prazo escolhi 4 pequenas tarefas semanais. Tarefas simples, que ocupam pouco tempo e que são fáceis de concluir. Aqui estão elas:

(Semana 6) Enviar fatura para o seguro

(Semana 7) Marcar dentista

(Semana 8) Ir a um Meetup

(Semana 9) Responder email

A verdade é que me apetece fazer tudo já. Despachar tudo esta semana. Todas as tarefas são urgentes e quanto mais cedo as fizer melhor. Por outro lado, estas tarefas estão todas pendentes desde o inicio de Janeiro e já as podia ter feito há muito mais tempo.

Vou tentar contentar-me com menos e fazer de facto alguma coisa.

 

Quinta-feira, 26.01.17

Cápsula

"Conserve your mental power by making easily reversible decisions as quickly as possible and aggressively planning recurring actions so you can execute simple tasks on autopilot. I know what I am wearing to work and eating for breakfast each day next week. Do you?" Tucker Hughes

 http://www.businessinsider.com.au/avoid-decision-fatigue-2016-6

 

Há dias li um artigo sobre como o Mark Zuckerberg usa sempre a mesma roupa, estilo desenho animado. Eu gostei da ideia. Parece-me uma excelente forma de poupar tempo e espaço mental. No entanto, acho que a sociedade não esta pronta para ver pessoas sempre vestidas da mesma maneira. No meu dia a dia, esta técnica iria levantar sérias questões sobre os meus hábitos de higiene e acho que ao fim de algum tempo iria aborrecer-me.

 

Um conceito mais bem aceite pela sociedade, e que mantém o mesmo espírito da poupança de tempo e de espaço mental, mas permitindo mais variedade, é o capsule wardrobe. Uma cápsula é essencialmente, um guarda roupa intencional, com um número reduzido de peças, que combinam entre si e se ajustam à realidade do dia a dia.

 

Decidi aplicar este conceito à minha roupa para o trabalho. O objetivo é ser mais rápida a despachar-me pela manhã e prestar mais atenção ao meu estilo. Para mim é importante vestir-me igual a mim própria. Quando isto acontece há um efeito imediato no meu estado de espírito e na forma como enfrento a vida. Sinto me bem. No topo do mundo.

 

Algumas considerações:

  • Roupa adequada ao tempo em Lisboa, de Janeiro a Março
  • Confortável
  • Semi-Formal
  • Cores: branco, preto, cinzento, azul e vermelho
  • Uma semana de trabalho tem 5 dias

 

Aqui está o meu guarda roupa idealizado:

Captura de ecrã 2017-01-26, às 21.33.29.png

  

No total são 17 peças, não incluindo camisolas interiores, lenços e casacos. A negrito estão as peças que ainda quero comprar para completar a minha  cápsula, nos parágrafos a baixo falo um pouco de cada uma delas.

 

Camisa. Quero comprar uma camisa que não seja branca. Lembrei-me que flanela talvez seja um bom material, se conseguir encontrar uma que não tenha padrão de lenhador (sugestões?). Ou então uma camisa às riscas azuis e brancas, com bordados, como se vê nas lojas.

 

Camisola de Malha. Quero uma camisola vermelha, de decote em V, leve e de bons materiais. Penso que lã de merino seja uma boa solução. Queria que fosse de uma marca portuguesa. Têm sugestões?

 

Calças cinzentas. Este ano estou com uma dificuldade particular em comprar calças. Acho que todos os modelos são pelo tornozelo o que, na minha estatura, resulta quase em corsários. Tenho de dar uma vista de olhos pelos saldos a ver se encontro algo.

 

Sapatos. Não tenho falta de sapatos. Tenho umas sabrinas e uns loafers ambos pretos e umas sapatilhas vermelhas. Todos de verão e todos me deixam os pés gelados. Se encontrar alguns sapatos rasos que me satisfaçam compro, senão uso mais vezes botas.

 

Vestidos. Gostos de vestidos. Em vez de ter de pensar em duas peças de roupa só tenho de pensar numa. Estou à procura de algo para o inverno, de manga comprida e de tecido que não seja demasiado fino.

 

É isto. Pode ser que com o guarda fatos assim organizado poupe tempo e ganhe mais motivação para me vestir.

 

Se alguma alma penada ler isto e deixar um comentário faço um post com fotos. 

 

 

 

 

publicado por marttokas às 21:05 | link do post | comentar
Terça-feira, 10.01.17

As Senhoras são versadas em literatura

12 badaladas. 12 desejos. 12 meses. 12 livros

 

Um dos meus objetivos para este ano é ler. Ler estratégicamente, de acordo com uma plano de leitura desenhado para me ajudar a atingir objetivos noutras áreas. Assim, fiz uma lista de 12 livros, de maneira a ler no mínimo um livro por mês.   

 

  1. Et Nietzsche a pleuré, Irvin Yalom
  2. Steve Jobs, Walter Isaacson
  3. A Tragédia da Rua das Flores, Eça de Queirós
  4. Vingt mille lieues sous les mers, Jules Verne
  5. Long Walk to Freedom, Nelson Mandela
  6. António Lobo Antunes – (aguardo recomendações)
  7. Em Francês – (aguardo recomendações)
  8. Biografia – (aguardo recomendações)
  9. Valter Hugo Mãe - (aguardo recomendações)
  10. Em Francês – (aguardo recomendações)
  11. Biografia – (aguardo recomendações)
  12. A Song for Arbonne, Guy Gavriel Kay

 

Quatro livros em Francês porque quero melhorar a minha escrita, aumentar o meu vocabulário e conhecer um pouco mais da cultura francesa.

 

Quatro biografias porque me quero sentir inspirada e aprender com a vida dos outros. Quando era mais nova tive uma fase em que só lia biografias e quero repetir a experiência.

 

Três livros em Português porque quero aprender com os mestres da língua portuguesa. Afinal, como dizia Pessoa, “a minha pátria é a língua portuguesa”. Um bom livro é arte, não só pela história, mas também pela forma como está escrito e nada como ler originais na minha língua materna para me aperceber disto.

Escolhi Eça de Queirós porque é um dos meus autores favoritos. Todos os anos leio um livro dele, assim sei que pelo menos li um livro bom durante o ano.

Os outros dois autores que escolhi foram António Lobo Antunes e Valter Hugo Mãe, principalmente por curiosidade e por ver muitas vezes os nomes deles nas prateleiras dos supermercados.

 

Por ultimo Guy Gavriel Kay. É outro dos meus autores favoritos e queria incluir nesta lista um livro que fosse puro prazer.

 

A minha lista ainda não está completa, agradeço que deixem recomendações nos comentários!

 

publicado por marttokas às 21:55 | link do post | comentar
Quinta-feira, 02.06.16

Quero tudo!

Quero fazer muitas coisas.

 

Quero fazer mais exercício, e ter mais músculos. Quero comer mais saudável mas de forma descomplicada. Quero fazer e seguir um plano alimentar. Quero organizar a minha roupa e criar um capsule wardrobe para o trabalho. Quero acabar com a minha tese. Quero dar aulas melhores. Quero viajar. Quero passar mais tempo com os amigos. Quero decorar a casa, quero arrumar a casa. Quero falar francês e árabe e ter um inglês perfeito. Quero ler mais. Quero ler autores portugueses. Quero escrever no blog. Quero cortar o cabelo. Quero ir ao dentista, ao oftalmologista, ao osteopata e ao podologista. Quero arranjar as unhas e fazer uma limpeza de pele. Quero acampar. Quero descobrir Lisboa. Quero dormir mais e de preferência cedo. Quero meditar. Quero descobrir uma rotina de pele. Quero beber mais água. Quero tratar de todas as coisas burocráticas que tenho pendentes. Quero poupar. Quero experimentar a algo empreendedor. Quero aprender mais excel e finanças e contabilidade. Quero.... quero muitas coisas.

 

Entre trabalho, treinos e internet, sobra-me pouco tempo e disposição para fazer tudo o que quero. 

Tenho que me organizar melhor.

publicado por marttokas às 01:07 | link do post | comentar
Sábado, 05.12.15

Como não ser falida - fazer um orçamento

Do dinheirinho que cai todos os meses na minha conta sei que 43% (quase metade) é gasto em despesas que não consigo evitar. 

 

Agora, eu posso decidir o que fazer com os restantes 47% do meu ordenado. O primeiro passo, aquilo que eu estive a fazer ao longo das ultimas semanas, foi registar todas as minhas despesas. Fiz o download to TOSHL e registei todas as minhas saídas de dinheiro.

 

Utilizar um software e registar logo as despesas para mim é muito mais prático que escrever tudo ou guardar os talões. O TOSHL é muito fácil de utilizar, tem um grafismo giro, é gratuito e dá para agrupar as despesas por categorias, assim é mais fácil analisar onde estamos a gastar mais dinheiro. 

 

E aqui está! A minha maior despesa foi o Jiu Jitsu Brasileiro. Este mês tive despesas anormais, como comprar um kimono e registar-me na federação nacional, que tão cedo não voltaram a repetir-se. Comida vem em segundo lugar. Todas as segundas feiras tenho almoço de trabalho. A isto juntam-se lanches, snacks e compras de supermercado. Este valor só não é maior porque levo almoço para o trabalho 4 vezes por semana e porque custumo trazer muitos vegetais e comida preparada de casa dos meus pais. Em terceiro lugar vêm os transportes, aqui esta incluído o passe, idas a casa dos meus pais (de expresso ou de blablacar) e taxis/uber (que só utilizo quando estou muito atrasada).

 

Pasted Graphic.tiff

 

Fiz umas regras de 3 simples, e cheguei ao seguinte orçamento para Dezembro:

 

Renda, propinas, metro, ginásio, gás&luz&internet

BJJ: 60€

Comida: 160€

Transportes: 80€

Coisas para a casa: 20€

 

Olhando para isto até parece que vou ter dinheiro de sobra no final do mês. A única questão é que vou fazer uma viagem a Lyon, tenho de comprar algumas prendas de Natal e quero comprar uma passagem aérea para viajar em Fevereiro.

 

Consegui cancelar o meu cartão de telemóvel francês 

publicado por marttokas às 12:49 | link do post | comentar
Quarta-feira, 18.11.15

Como não ser falida - avaliar a situação

Estamos a dia 10 de Novembro no momento em que escrevo esta pequena introdução. Olho para a minha conta bancária e já não estou confortável com a minha capacidade de chegar ao próximo salário acima do zero.

 

Tenho que passar a ter o controlo da situação.

 

1. Quais são as minhas despesas fixas por mês?

Renda, propinas, metro, ginásio, gás&luz&internet.

 

2. Onde é que estou a gastar dinheiro desnecessariamente? O que posso mudar?

Cancelar telemóvel francês, passar a conta bancária francesa para estudante, tentar reaver despesas medicas de Dezembro passado.

 

3. Quais são as minhas despesas variáveis?

Comida, transportes para casa dos meus pais, roupa, coisas para a casa, despesas trabalho.

 

4. Onde é que eu gosto mesmo de gastar o meu dinheiro?

Viagens!

 

Outro dos meus objectivos é poupar mais, quero construir uma poupança de emergência. Caso aconteça alguma coisa quero ser capaz de sobreviver uns 3 meses.  

publicado por marttokas às 14:00 | link do post | comentar
Sexta-feira, 17.07.15

Vou falar de acne

Caso não se tenham apercebido quem (pouco frequentemente) escreve este blog é uma pessoa. Uma pessoa que tem um corpo, que está coberto de pele. Esta pele, por sua vez esta coberta de pelos, roupa e nalgumas zonas especificas borbulhas. 

 

Hoje vou falar da questão das borbulhas, mais cientificamente conhecidas como acne. Ao que parece há varias causas para o acne:

- Excesso de produção de sebo;

- Bactérias (mais especificamente propionibacteria);

- Stress oxidativo e radicais livres;

- Ductal cornification, free fatty acids e linoleic acid deficiency (se alguém me conseguir traduzir e explicar isto agradeço).

 

Explicando o excesso de produção de sebo. As glândulas sebáceas são receptores de hormonas androgenos (tal como a testosterona). Estas hormonas estimulam a produção de sebo e o excesso de sebo provoca acne. Isto explica o porquê do meu acne se agravar antes de ter o período (a ciência diz que é durante a fase lútea). Stress e dietas que induzam hyperinsulinaemia também podem ter um impacto no acne pela via hormonal. 

 

Normalmente o tratamento do acne é feito com substancias anti-comedogenicas, anti-inflamatórias e anti-microbianas. 

 

- Retinoides

Os retinoides são um composto químico derivado da vitamina A. Para o tratamento de acne utiliza-se Isotretinoin por via oral que reduz o tamanho das glândulas sebáceas ate 90%. Esta classe de medicamentos tem sérios efeitos secundários, deve ser sempre um medico a prescreve-los. 

 

- Hormonas

Pílulas contraceptivas com uma concentração extremamente baixa de androgenic progestin ou com uma dose de 2 mg de cyproterone acetate devem ser usadas. 

 

- Substancias anti-microbianas

Para aplicação tópica são usados erythromycin, gentamycin, tetracyclineclindamycin (são tipos diferentes de antibióticos). Para evitar o risco de resistência antibiótica devem estar combinados com benzoyl peroxide. O tratamento deve ter a duração o menor possível, com um mínimo de 3 meses para aplicações tópicas. 

 

Curiosidades:

- só os humanos têm acne

- normalmente resolve-se sozinho

- não é contagioso

- esta já é a quarta entrada sobre acne neste blog

 

Jappe, U. (2003). Pathological mechanisms of acne with special emphasis on Propionibacterium acnes and related therapy. Acta Dermato-Venereologica, 83(4), 241–248.

Lucky, Anne (2004). Quantitative documentation of a premenstrual flare of facial acne in adult woman. Arch Dermatol. 2004;140(4):423-424. doi:10.1001/archderm.140.4.423.

"Androgen." Wikipedia. Web. 20 July 2015. <https://en.wikipedia.org/wiki/Androgen>.

"Retinoid." Wikipedia. Web. 20 July 2015. <https://en.wikipedia.org/wiki/Retinoid>

"Hyperinsulinemia."Wikipedia. Web. 20 July 2015. <https://en.wikipedia.org/wiki/Hyperinsulinemia>

 

Não tenho qualquer formação na área de saúde. Todas as informações presentes neste artigo vêm das fontes acima. Podem haver erros de tradução. Falem com o vosso medico/dermatologista antes de iniciarem qualquer tipo de tratamento para o acne. Escrevo por recreação, declino qualquer tipo de responsabilidade pelo uso da informação aqui presente. 

tags: ,
publicado por marttokas às 23:12 | link do post | comentar
Segunda-feira, 19.05.14

"Não tenho nada que vestir"

Acho que toda a gente tem aqueles dias de pânico matinal de “não tenho nada que vestir”. Na maior parte da minha vida o pânico era real, simples e literalmente tinha um guarda-roupa muito limitado. De certa forma era uma vantagem, como não tinha por onde escolher vestia-me muito mais rápido.

Agora o motivo não é o mesmo, quando “não tenho nada que vestir” normalmente é porque não tenho a roupa arrumada, o meu quarto está um caos, está na altura de lavar a roupa ou porque estou em Portugal.

 

Decidi arrumar tudo e fazer uma lista daquilo que preciso. Basicamente sempre que tenho de fazer uma “limpeza” o meu processo é o mesmo: ponho uma capa de desapego, divido a roupa entre lixo/doações/Portugal, e ponho a roupa de trabalho num sitio acessível e separado do resto e vou escrevendo o processo no blog.

 

- 1 -

Tenho um problema com calças. Odeio usar calças apertadas. Não vejo o sentido de estar desconfortável. Também não gosto de usar calças “largas”, que são mais folgadas do que devem nos sítios errados (leia-se rabo). O resultado é que acabo por comprar calças que me assentam bem na loja mas que passadas algumas lavagens ficam largas. Ou então emagreço. Ou então, e o que é ainda pior, engordo. Alguém me pode explicar o processo certo de comprar calças?

 

- 2 -

Estou particularmente contente com o meu calçado. A única coisa que mudava era as minhas sabrinas pretas que têm um ar um bocado plástico. Por enquanto, e tendo em conta que já estão amansadas, servem perfeitamente.

 

- 3 -

Tenho roupa de desporto a mais. Principalmente tendo em conta a quantidade de desporto que faço. Vou livrar-me da maioria. *Capa do desapego, capa do desapego*

 

- 4 -

Conclusão: preciso de uma casaco quente e confortável para usar enquanto trabalho. Tenho de adquirir um novo soutien, com alças removíveis e de cor clara. Preciso urgentemente de comprar meias curtas de vidro (idealmente o numero de pares de meias deve estar equilibrado com o numero de cuecas, assim há sempre um sinal claro de quando é altura de lavar a roupa). Tenho de comprar um cinto preto de qualidade. 

tags: ,
publicado por marttokas às 22:26 | link do post | comentar | ver comentários (3)
Sábado, 05.04.14

Adivinhem?

publicado por marttokas às 21:37 | link do post | comentar

pesquisar neste blog

 

Março 2017

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

arquivos

tags

links