Aventuras de uma Senhora - 1

Tenho as pernas que parecem de uma macaca, umas unhas que parecem garras e a cara com uma pele tão lisa como a lua. Há uns meses atrás podia pensar que não havia remédio, mas agora que sou (quase) uma Senhora tenho ao meu dispor uma série de ferramentas que me ajudam a lidar com situações como esta e a voltar à costumeira perfeição.

 

Comecei por beber uma chávena de chá drenante. Duvido que tenha algum efeito mas assim sinto-me mais Senhora. É um bom principio.
Rosto: Uma vez que não tenho esfoliante para rosto decidi fazer um caseiro. Misturei o meu habitual gel de limpeza com açúcar louro (é mais suave que o branco ou o sal) e espalhei pelo rosto, com gestos circulares insistindo nas zonas com maiores imperfeições. Como dá para ver já li muitas instruções de produtos de limpeza. Depois espalhei uma mascara calmante pelo rosto e deixei actuar (tenho mesmo de começar a usar esta mascara mais vezes porque já está prazada às uns anos). Como é obvio deixei um espaço saudável em volta dos olhos sem máscara. Retirei completamente todos os resíduos de máscara com água tépida e depois sequei o rosto com suaves pancadinhas. Para finalizar cobri o rosto com uma generosa camada de creme hidratante. Como pus o creme demasiado perto dos olhos estou a chorar.
Pêlos: São uma coisa que me atromenta. Provavelmente é aquilo com que tenho mais complexos em relação ao meu corpo, mas pelo menos (reparem no pun) é um problema fácil de remediar. Estou muito agradecida à minha avó que me ofereceu uma maquina de depilação. Assim já não preciso de deixar o pêlo crescer para depois ir à esteticista e consigo andar sempre com a depilação em dia.
Unhas: Cortei-as bem curtinhas por causa do treino e segui o processo descrito aqui. No final pintei de vermelho - o único verniz decente que tenho. Agora tenho umas adoráveis mãos de Senhora, especialmente se vistas ao longe por alguém míope.
Nada como uma deliciosa aventura no mundo das Senhoras para me sentir melhor comigo própria e mais mulher. Afinal, uns miminhos nunca fizeram mal a ninguém.
publicado por marttokas às 23:35 | link do post | comentar