Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sempre tive uma relação tempestuosa com o meu cabelo, se calhar é por ele ser parecido com uma tempestade. O meu cabelo não é liso nem é encaracolado. O meu cabelo tem uns jeitos manhosos que tão depressa tem caracóis, como tem ondas, como fica liso (efeito do secador), como está cheio de nós. Posso dizer que a forma mais constante do meu cabelo é uma ponta para cada lado.
 
Passo a contar um pequeno episodio para ilustrar o meu cabelo. Quando eu era pequena, tão pequena que ainda era a minha mãe que me penteava, naqueles dias em que tinha de me arranjar para ir para a escola, a minha mãe não usava um pente como as pessoas normais. Não! Para me pentear a minha mãe usava uma tesoura para cortar os nós com que eu ficava na parte de trás da cabeça.

 

O meu cabelo é tão terrifico que sempre tive o cabelo curto enquanto era miúda porque a minha mãe me dizia "Só deixo que cresças o cabelo quando tiveres idade suficiente para tomares conta dele sozinha". Entretanto assim por volta do sétimo ano deixei-o crescer. Depois no nono ano cortei-o curto outra vez (e recebi diversos elogios), dois anos mais tarde, no dia 14 de Agosto rapei o cabelo. Passei pelo processo traumático de o deixar crescer outra vez, usei-o comprido durante uns tempos e no final do meu 2 ano de faculdade zás! de volta ao cabelo curto. Entretanto a meio da primavera passada decidi deixar crescer outra vez o cabelo, e é no meio desse processo que me encontro. Pelo meio deste cortes houve uma vez que o meu pai me cortou o cabelo com a máquina de fazer a barba, uma vez em que a minha prima me cortou o cabelo a direito com uma tesoura de pontas redondas (daquelas das crianças) e já passei por imensos cabeleireiros, homens, mulheres, mais caros, mais baratos, que insistiam em que eu devia ter o cabelo liso, que me realçavam os caracóis, que quase me cortaram numa orelha. Também já usei gel, bandeletes, uma palmeira e o cabelo constantemente atado. Acho que já passei por tudo

 

À que dizer que também não são só coisas más. Tenho aquela cor que apenas é considerada "loiro" em Portugal, com madeixas mais claras por causa do Verão. Também é bastante grosso, abundante e forte. Ao menos cabelo é coisa que não me falta.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ
  14. 2016
  15. JAN
  16. FEV
  17. MAR
  18. ABR
  19. MAI
  20. JUN
  21. JUL
  22. AGO
  23. SET
  24. OUT
  25. NOV
  26. DEZ
  27. 2015
  28. JAN
  29. FEV
  30. MAR
  31. ABR
  32. MAI
  33. JUN
  34. JUL
  35. AGO
  36. SET
  37. OUT
  38. NOV
  39. DEZ
  40. 2014
  41. JAN
  42. FEV
  43. MAR
  44. ABR
  45. MAI
  46. JUN
  47. JUL
  48. AGO
  49. SET
  50. OUT
  51. NOV
  52. DEZ
  53. 2013
  54. JAN
  55. FEV
  56. MAR
  57. ABR
  58. MAI
  59. JUN
  60. JUL
  61. AGO
  62. SET
  63. OUT
  64. NOV
  65. DEZ
  66. 2012
  67. JAN
  68. FEV
  69. MAR
  70. ABR
  71. MAI
  72. JUN
  73. JUL
  74. AGO
  75. SET
  76. OUT
  77. NOV
  78. DEZ
  79. 2011
  80. JAN
  81. FEV
  82. MAR
  83. ABR
  84. MAI
  85. JUN
  86. JUL
  87. AGO
  88. SET
  89. OUT
  90. NOV
  91. DEZ
  92. 2010
  93. JAN
  94. FEV
  95. MAR
  96. ABR
  97. MAI
  98. JUN
  99. JUL
  100. AGO
  101. SET
  102. OUT
  103. NOV
  104. DEZ