As camisolas de lã

Este inverno comprei camisolas de bons materiais. Comprei uma camisola de lã (lambswool), uma de caxemira e uma de merino. Todas são bonitas, quentes e confortáveis. O único inconveniente das camisolas de lã é a lavagem. Têm de ser lavadas à mão para evitar borbotos, manter a forma e fazer com que durem mais tempo.

 

Como fico extenuada apenas por pensar em lavar roupa à mão, tive uma das camisolas mais de um mês no saco da roupa suja à espera de ser lavada. Ontem fui buscar a camisola para a lavar. Olhei para ela, cheirei-a e pareceu-me limpa outra vez. Mesmo assim, apesar da ilusão de limpeza, decidi prosseguir com o plano original. Coloquei a camisola numa bacia, enchi-me de coragem, e fui pesquisar como lavar roupa de lã.

 

Aqui está uma breve descrição do que se seguiu:

  1. Pus música de limpeza a tocar
  2. Enchi uma bacia de água fria juntei um agente de limpeza. Ontem, como não tinha detergente para lã, usei minha espuma de limpeza de rosto
  3. Apalpei/agitei a camisola e depois deixei-a de molho um pouco
  4. Mudei a camisola para um recipiente com água limpa (lavatório), agitei um pouco, mudei a água e agitei de novo a camisola 
  5. Peguei na camisola até que deixou de escorrer água e embrulhei-a numa toalha para absorver a maior parte da água*
  6. Estiquei a camisola horizontalmente em cima do estendal

Honestamente, depois deste trabalho todo, só volto a lavar camisolas de lã quando o frio acabar e arrumar as camisolas no fim da estação.

 

*para escrever este post fiz mais alguma pesquisa e percebi que o correto é estender uma toalha branca sobre uma superficie plana, colocar a camisola por cima, enrolar e apertar suavemente para retirar a maioria de àgua

tags:
publicado por marttokas às 22:57 | link do post | comentar