As Senhoras usam Sapatos

Durante anos, (mesmo muitos anos, provavelmente até meados do secundário), só usei única e exclusivamente sapatilhas de correr. Isto todo o dia em qualquer altura do ano. Só fazia excepções para os escuteiros, quando usava botas de montanha e para cerimónias da igreja, onde me obrigavam a usar mocassins (continuo a não gostar deles). Entretanto fui crescendo, entrei na universidade e descobri as sapatilhas de napa e as botas de cano baixo. Comprei até sapatos de salto! Quando estive no Canadá e à força de tanto sair tive de comprar uma sabrinas (comprei o meu primeiro par de sabrinas aos 20 anos, o que é que isto diz de mim), foi também nessa altura que o blog ressuscitou.

 

Quando emagreci, no ano passado, todo o meu corpo diminui incluindo os pés. Resultado tenho uma série de sapatos que me estão largos, principalmente os de salto. Estive a olhar para eles e a regra 80/20 confirma-se, uso 20% do meu calçado (dois pares de sabrinas, as botas de montanha e as sapatilhas) durante 80% do meu tempo. Sendo assim não faz sentido ter uma prateleira cheia de calçado que não uso. Depois de muito olhar, experimentar e pensar na questão do apego consegui pôr 5 pares de lado para doar e 4 para ficarem em fase de experimentação (se os usar e chinelarem vão embora). Tenho também umas sandálias que têm de passar pelo sapateiro para ficarem com melhor aspecto.

 

 

Aviso: descrição exaustiva do meu calçado

 

Sobraram umas sandálias do antigamente, que eu já nem me lembrava que existiam mas que são mesmo boas para ir ao rio, dois pares de havaianas, uns chinelos que comprei no mercado em Moçambique e os crocs que são os meus chinelos/pantufas/calçado de andar por casa. Fiquei com as minhas botas de montanha velhinhas (não há nada mais confortável como umas botas antigas), as minhas botas de montanha actuais que estão a precisar de reforma e umas botas cinzentas de cano alto.  Tenho umas sapatilhas de correr de reserva, aquelas que uso quando faço exercício, estas que falei aqui cor-de-burro-quando-foge, e as desta foto. Tenho as tais sabrinas que comprei no Canadá e umas pretas que estão a precisar de reforma. Total: 15 pares de sapatos (contando com os chinelos que são um tipo especial de calçado).

 

Ainda preciso de umas sandálias que não me deixem os pés demasiado à mostra e uns scarpin pretos. Vamos ver o que os saldos me reservam.

 

publicado por marttokas às 15:22 | link do post | comentar