Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Passaram-se exatamente 45 dias desde o inicio do ano.

Eu e muito boa gente, há 45 dias atrás, estávamos a beber champanhe, ver fogos de artifícios e a prometer um excelente 2017 cheio de magreza, vida saudável, muitos novos conhecimentos, viagens e outras coisas do género.

Como já é hábito, no final do ano passado, estableci alguns objetivos para 2017. Meditei nas áreas da minha vida que quero desenvolver, escrevi vários objetivos num caderno e depois transferi-os para o Trello

 

Em vez de guardar os meus objetivos numa gaveta e deixar que se transformem num monte boas intenções vazias de ação, decidi que a marca dos 45 dias era uma marca tão boa quanto outra qualquer para fazer uma revisão e certificar-me de que estou no bom caminho.

Comecei por reler o que o que escrevi à nos últimos dias de 2016 e fazer um balanço dos diferentes objetivos.

Pontos positivos:
  •  Cortei o cabelo (dá para perceber a profundidade das minhas resoluções de ano novo)
  •  Li um livro da lista (A Tragédia da Rua das Flores, Eça de Queirós)
Pontos negativos:

Não fiz absolutamente mais nada. Apesar de ter identificado algumas micro tarefas para fazer semanal ou mensalmente, pouco se traduziu em ações. Distracção, preguiça, um sofá demasiado confortável, eventos cancelados, trabalho até horas tardias... tenho uma infinidade de desculpas. O pior, é que fico a pensar que devia fazer coisas que não estou a fazer, o que me deixa com um ligeiro sentimento de culpa que torna a minha vida menos agradável.

 

Vou tentar uma outra estratégia durante o mês de fevereiro. Vou focar-me em muito, mas mesmo muito menos coisas. Mais concretamente, vou focar-me num objetivo de longo prazo e numa tarefa especifica a cada semana.

 

O objetivo de longo prazo é fazer 15 minutos de exercícios de gramática francesa por dia. Apenas 15 minutos. Menos de meia dúzia de exercícios. Para me motivar fiz o que fazia quanto era miúda e tentava poupar. Desenhei um termómetro em que cada nível colorido representa 15 minutos de estudo concluídos. O objetivo é chegar ao topo, preenchendo todo o termómetro (a baixo uma foto de má qualidade como ilustração).

term.jpg

 

15 minutos por dia, ao longo de 22 dias dá um total de 5,5 horas de estudo. Se adicionar 2 ou 3 horas de francês que falo diariamente no trabalho são mais de 40 horas em contacto com esta língua maravilhosa e senhorial. Se estiver mesmo inspirada, pode ser que ainda comece a ler um dos livros em francês da minha lista de leitura e que veja um filme ou dois.

O ultimo parágrafo é um exemplo claro de como tenho a intenção de fazer muitas coisas, mas que normalmente resultam em muito pouco. O foco são os 15 minutos diários. Apenas 15 minutos, todos os dias.


Em adição ao objetivo de longo prazo escolhi 4 pequenas tarefas semanais. Tarefas simples, que ocupam pouco tempo e que são fáceis de concluir. Aqui estão elas:

(Semana 6) Enviar fatura para o seguro

(Semana 7) Marcar dentista

(Semana 8) Ir a um Meetup

(Semana 9) Responder email

A verdade é que me apetece fazer tudo já. Despachar tudo esta semana. Todas as tarefas são urgentes e quanto mais cedo as fizer melhor. Por outro lado, estas tarefas estão todas pendentes desde o inicio de Janeiro e já as podia ter feito há muito mais tempo.

Vou tentar contentar-me com menos e fazer de facto alguma coisa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Decidi aprender Francês, haverá língua mais senhorial que esta? É preciso dizer que não estou a começar do zero, já tive uns 5 anos de aulas, mas como na altura não gostava da língua não me empenhei e não aprendi lá muito. Esta é a minha enésima tentativa de aprender, mas como vou ser emigrante em França tenho uma motivação extra.

 

Comecei por fazer um plano. Planear ajuda-me a saber aquilo que vou estudar e quando e cria um sentido de obrigatoriedade. Portanto durante os próximos 30 dias (pelo menos) vou ouvir uma faixa de Pimsleur por dia, aos sábados vou ver um filme em francês sem legendas, também vou ler pequenos textos (assim que os encontrar) e tomar especial atenção ao vocabulário é à gramática. No final do mês espero ser capaz de ter conversações simples.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A língua das senhoras é por excelência o francês. Não há língua mais requintada, chique e ao mesmo tempo útil. Como eu por muito que tente não consigo encaixar o francês dentro da minha cabecinha decidi dedicar-me ao espanhol. O espanhol além de ser muito mais fácil é a segunda língua com maior numero de falantes nativos. Sem duvida que todos aqueles anos a ver Doraemon tiveram alguma importância na minha facilidade com o espanhol e, agora que já sou crescida, estive a ver uns filmes, sem legendas! Ver filmes (sempre sem legendas) é uma das melhores e mais agradáveis maneiras de aprender os sons de uma nova língua, aumentar o vocabulário, melhorar e oralidade e passar um bom momento. Aqui ficam os meus filmes preferido. Cuidado que alguns são um bocado estranhos.

 


!Que aproveches!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ
  14. 2016
  15. JAN
  16. FEV
  17. MAR
  18. ABR
  19. MAI
  20. JUN
  21. JUL
  22. AGO
  23. SET
  24. OUT
  25. NOV
  26. DEZ
  27. 2015
  28. JAN
  29. FEV
  30. MAR
  31. ABR
  32. MAI
  33. JUN
  34. JUL
  35. AGO
  36. SET
  37. OUT
  38. NOV
  39. DEZ
  40. 2014
  41. JAN
  42. FEV
  43. MAR
  44. ABR
  45. MAI
  46. JUN
  47. JUL
  48. AGO
  49. SET
  50. OUT
  51. NOV
  52. DEZ
  53. 2013
  54. JAN
  55. FEV
  56. MAR
  57. ABR
  58. MAI
  59. JUN
  60. JUL
  61. AGO
  62. SET
  63. OUT
  64. NOV
  65. DEZ
  66. 2012
  67. JAN
  68. FEV
  69. MAR
  70. ABR
  71. MAI
  72. JUN
  73. JUL
  74. AGO
  75. SET
  76. OUT
  77. NOV
  78. DEZ
  79. 2011
  80. JAN
  81. FEV
  82. MAR
  83. ABR
  84. MAI
  85. JUN
  86. JUL
  87. AGO
  88. SET
  89. OUT
  90. NOV
  91. DEZ
  92. 2010
  93. JAN
  94. FEV
  95. MAR
  96. ABR
  97. MAI
  98. JUN
  99. JUL
  100. AGO
  101. SET
  102. OUT
  103. NOV
  104. DEZ