Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Este inverno comprei camisolas de bons materiais. Comprei uma camisola de lã (lambswool), uma de caxemira e uma de merino. Todas são bonitas, quentes e confortáveis. O único inconveniente das camisolas de lã é a lavagem. Têm de ser lavadas à mão para evitar borbotos, manter a forma e fazer com que durem mais tempo.

 

Como fico extenuada apenas por pensar em lavar roupa à mão, tive uma das camisolas mais de um mês no saco da roupa suja à espera de ser lavada. Ontem fui buscar a camisola para a lavar. Olhei para ela, cheirei-a e pareceu-me limpa outra vez. Mesmo assim, apesar da ilusão de limpeza, decidi prosseguir com o plano original. Coloquei a camisola numa bacia, enchi-me de coragem, e fui pesquisar como lavar roupa de lã.

 

Aqui está uma breve descrição do que se seguiu:

  1. Pus música de limpeza a tocar
  2. Enchi uma bacia de água fria juntei um agente de limpeza. Ontem, como não tinha detergente para lã, usei minha espuma de limpeza de rosto
  3. Apalpei/agitei a camisola e depois deixei-a de molho um pouco
  4. Mudei a camisola para um recipiente com água limpa (lavatório), agitei um pouco, mudei a água e agitei de novo a camisola 
  5. Peguei na camisola até que deixou de escorrer água e embrulhei-a numa toalha para absorver a maior parte da água*
  6. Estiquei a camisola horizontalmente em cima do estendal

Honestamente, depois deste trabalho todo, só volto a lavar camisolas de lã quando o frio acabar e arrumar as camisolas no fim da estação.

 

*para escrever este post fiz mais alguma pesquisa e percebi que o correto é estender uma toalha branca sobre uma superficie plana, colocar a camisola por cima, enrolar e apertar suavemente para retirar a maioria de àgua

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

26
Jan17

Cápsula

"Conserve your mental power by making easily reversible decisions as quickly as possible and aggressively planning recurring actions so you can execute simple tasks on autopilot. I know what I am wearing to work and eating for breakfast each day next week. Do you?" Tucker Hughes

 http://www.businessinsider.com.au/avoid-decision-fatigue-2016-6

 

Há dias li um artigo sobre como o Mark Zuckerberg usa sempre a mesma roupa, estilo desenho animado. Eu gostei da ideia. Parece-me uma excelente forma de poupar tempo e espaço mental. No entanto, acho que a sociedade não esta pronta para ver pessoas sempre vestidas da mesma maneira. No meu dia a dia, esta técnica iria levantar sérias questões sobre os meus hábitos de higiene e acho que ao fim de algum tempo iria aborrecer-me.

 

Um conceito mais bem aceite pela sociedade, e que mantém o mesmo espírito da poupança de tempo e de espaço mental, mas permitindo mais variedade, é o capsule wardrobe. Uma cápsula é essencialmente, um guarda roupa intencional, com um número reduzido de peças, que combinam entre si e se ajustam à realidade do dia a dia.

 

Decidi aplicar este conceito à minha roupa para o trabalho. O objetivo é ser mais rápida a despachar-me pela manhã e prestar mais atenção ao meu estilo. Para mim é importante vestir-me igual a mim própria. Quando isto acontece há um efeito imediato no meu estado de espírito e na forma como enfrento a vida. Sinto me bem. No topo do mundo.

 

Algumas considerações:

  • Roupa adequada ao tempo em Lisboa, de Janeiro a Março
  • Confortável
  • Semi-Formal
  • Cores: branco, preto, cinzento, azul e vermelho
  • Uma semana de trabalho tem 5 dias

 

Aqui está o meu guarda roupa idealizado:

Captura de ecrã 2017-01-26, às 21.33.29.png

  

No total são 17 peças, não incluindo camisolas interiores, lenços e casacos. A negrito estão as peças que ainda quero comprar para completar a minha  cápsula, nos parágrafos a baixo falo um pouco de cada uma delas.

 

Camisa. Quero comprar uma camisa que não seja branca. Lembrei-me que flanela talvez seja um bom material, se conseguir encontrar uma que não tenha padrão de lenhador (sugestões?). Ou então uma camisa às riscas azuis e brancas, com bordados, como se vê nas lojas.

 

Camisola de Malha. Quero uma camisola vermelha, de decote em V, leve e de bons materiais. Penso que lã de merino seja uma boa solução. Queria que fosse de uma marca portuguesa. Têm sugestões?

 

Calças cinzentas. Este ano estou com uma dificuldade particular em comprar calças. Acho que todos os modelos são pelo tornozelo o que, na minha estatura, resulta quase em corsários. Tenho de dar uma vista de olhos pelos saldos a ver se encontro algo.

 

Sapatos. Não tenho falta de sapatos. Tenho umas sabrinas e uns loafers ambos pretos e umas sapatilhas vermelhas. Todos de verão e todos me deixam os pés gelados. Se encontrar alguns sapatos rasos que me satisfaçam compro, senão uso mais vezes botas.

 

Vestidos. Gostos de vestidos. Em vez de ter de pensar em duas peças de roupa só tenho de pensar numa. Estou à procura de algo para o inverno, de manga comprida e de tecido que não seja demasiado fino.

 

É isto. Pode ser que com o guarda fatos assim organizado poupe tempo e ganhe mais motivação para me vestir.

 

Se alguma alma penada ler isto e deixar um comentário faço um post com fotos. 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Acho que toda a gente tem aqueles dias de pânico matinal de “não tenho nada que vestir”. Na maior parte da minha vida o pânico era real, simples e literalmente tinha um guarda-roupa muito limitado. De certa forma era uma vantagem, como não tinha por onde escolher vestia-me muito mais rápido.

Agora o motivo não é o mesmo, quando “não tenho nada que vestir” normalmente é porque não tenho a roupa arrumada, o meu quarto está um caos, está na altura de lavar a roupa ou porque estou em Portugal.

 

Decidi arrumar tudo e fazer uma lista daquilo que preciso. Basicamente sempre que tenho de fazer uma “limpeza” o meu processo é o mesmo: ponho uma capa de desapego, divido a roupa entre lixo/doações/Portugal, e ponho a roupa de trabalho num sitio acessível e separado do resto e vou escrevendo o processo no blog.

 

- 1 -

Tenho um problema com calças. Odeio usar calças apertadas. Não vejo o sentido de estar desconfortável. Também não gosto de usar calças “largas”, que são mais folgadas do que devem nos sítios errados (leia-se rabo). O resultado é que acabo por comprar calças que me assentam bem na loja mas que passadas algumas lavagens ficam largas. Ou então emagreço. Ou então, e o que é ainda pior, engordo. Alguém me pode explicar o processo certo de comprar calças?

 

- 2 -

Estou particularmente contente com o meu calçado. A única coisa que mudava era as minhas sabrinas pretas que têm um ar um bocado plástico. Por enquanto, e tendo em conta que já estão amansadas, servem perfeitamente.

 

- 3 -

Tenho roupa de desporto a mais. Principalmente tendo em conta a quantidade de desporto que faço. Vou livrar-me da maioria. *Capa do desapego, capa do desapego*

 

- 4 -

Conclusão: preciso de uma casaco quente e confortável para usar enquanto trabalho. Tenho de adquirir um novo soutien, com alças removíveis e de cor clara. Preciso urgentemente de comprar meias curtas de vidro (idealmente o numero de pares de meias deve estar equilibrado com o numero de cuecas, assim há sempre um sinal claro de quando é altura de lavar a roupa). Tenho de comprar um cinto preto de qualidade. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Percorri um longo caminho desde aqui. Passei de uma fase em que não tinha mesmo nada para vestir (literalmente) para um momento em que posso dizer que tenho um guarda roupa composto. Tenho um estilo mais definido - é o resultado de horas a ver blogs de moda (aceitam-se mais sugestões); e tenho roupa que se adequa a quase todas as situações. Mesmo assim, com a perspectiva de mudar 3 vezes de país este ano, preciso de um guarda roupa funcional, versátil, que caiba dentro de duas malas e que pese menos de 23x2 kg. 

 

Comecei por fazer uma selecção da roupa que já tenho. Ao longo dos últimos dois meses fui pondo de lado roupa de que ja não gostava, principalmente roupa com um aspecto gasto ou não se enquadra no estilo "jovem Senhora". Na véspera da minha partida para Portugal (só um fim de semana!), dei uma volta mais profunda e separei alguma roupa para doar e outra para levar para Portugal. Espero que este post vos inspire para fazerem uma limpeza ao vosso guarda roupa!

 

1. Roupa de Desporto. É melhor começar por roupa onde é fácil exercer o desapego. Pus de lado um conjunto de calças e camisola térmicas. Afinal, a Primavera está a chegar e um conjunto térmico e 2 leggins são mais do que suficientes como equipamento de corrida. 

 

2. Roupa Interior. Pus de lado uns boxers amarelo-cor-de-ranho e um soutien roxo - como podem ver as minhas escolhas de cor para roupa interior são um bocado duvidosas. Cheguei à conclusão que preciso de comprar mais meias pretas (eu sempre misturei as meias, se forem todas pretas dá menos nas vistas), um soutien cai-cai que funcione mesmo e alguma roupa interior sexy (nada de cores extravagantes). 

 

3. T-shirts. Eu tenho a sensação que nunca são demais, neste momento estou com umas 10 mas consegui mandar uma cinzenta para Portugal. Fica a nota, no futuro comprar umas camisolas coloridas - vermelho.

 

4. Sapatos. Vou doar umas sabrinas pretas que me fazem doer os pés (já tenho outras) e as minhas sapatilhas de correr (foram substituídas por umas Nike que espero que durem os próximos anos). Tenho ainda de comprar uns sapatos de salto preto, para usar em ocasiões mais formais e substituir um par que está a ficar carecas. 

 

5. Calças, camisas, camisolas, saias e vestidos. São à medida, fica tudo comigo. Talvez num futuro próximo precise de substituir uma das minhas calças de ganga, mas para agora servem.

 

[imaginem uma foto]

 

Conclusão, olhando para o meu guarda roupa predominam os azuis, pretos e cinzentos. Ainda me faltam algumas peças de roupa para estar onde quero, principalmente depois de passar pela Zara que está cheia de coisas giras. Mas vou ser forte e só vou fazer compras depois de arranjar um estágio.

 

PS. Pode ser efeito placebo mas o Phytopolleine está mesmo a fazer efeito, até já me disseram que o meu cabelo está maior. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Já alguma vez escreveram um texto lindo-marivilhoso-perfeito e depois esqueceram-se de o gravar? A qualidade duvidosa deste post deve-se à minha pouca vontade de o reescrever.

 

 

É essencial para uma Senhora conhecer o seu tipo de corpo, assim conseguimos tirar o melhor partido da roupa e do nosso corpo, de maneira a estarmos sempre no nosso melhor.

 

Passei bastante tempo em frente ao espelho da casa de banho a interrogar-me sobre qual seria o meu tipo de corpo. Tenho as ancas largas devo ser uma "Pêra", tenho os ombros largos devo ser um "Triangulo Invertido", a minha cintura é marcada ou não? Depois de muitas interrogações fui pegar na fita métrica e cheguei à conclusão de que sou mesmo uma "Ampulheta".

 

As "Ampulhetas" além de serem consideras o tipo de corpo ideal são o mais fácil de vestir (supostamente). Pesquisei em vários sites e no "Estilo disse Ela" (aquele livro é como uma bíblia de beleza) e cheguei à conclusão geral de que devo usar roupa que me marque a cintura.

 

Além do estilo de corpo horizontal, também há o estilo de corpo vertical. Este é menos conhecido, mas relaciona-se com a proporção tamanho de pernas vs tamanho de tronco. Depois de muito olhar aproveitei a fita métrica e medi-me. Resultado: tenho as penas mais compridas que o tronco. Boa!

 

Andei de visitar vários sites sobre o que se deve vestir para cada tipo de corpo cheguei à conclusão que depende muito daquilo que queremos realçar e que o melhor é usarmos a combinação infalível de bom senso com bom gosto (anda uma pessoa a fazer horas de pesquisa para chegar a estas conclusões).

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estava a dar uma volta aos rascunhos do blog e encontrei esta pérola:

 

É claro que as Senhoras usam roupa, não andam por ai nuas. A questão é que usam roupas bonitas, que combinam e com estilo.

 

No meu processo de me tornar numa senhora fiz uma lista daquilo que preciso de comprar para melhorar o meu guarda roupa. Aproveitei que estamos em saldos e corri todas as lojas do Colombo à procura do que precisava.

  • Cinto de cabedal castanho. Um acessório essencial, clássico, que todas devem ter, e que além de completar um visual também serve para segurar as calças.
  • Botas baixinhas. Há quem diga que as Senhoras se reconhecem pelo que calçam. Usar botas dá um ar completamente diferente de usar sapatilhas.
  • Cinto de ligas. Isto é para fazer uma surpresa.
  • Leggins pretos. Essenciais para usar com vestidos de inverno, ficam bem com tudo.
  • Jeans ou calças de ganga como preferirem. Nunca são de mais, e é o melhor para usar no dia a dia.

Isto foi escrito algures em 2010, é engraçado ver como a minha perspectiva mudou. Continuo a achar que cintos são uma boa maneira de segurar as calças, mas nunca cheguei a comprar umas botas baixinhas (apesar de volta e meia pensar nisso), já só uso leggins para fazer desporto e continuo com falta de calças de ganga.

 

Estou a pensar fazer uma lista semelhante, só para me orientar nas minhas compras e ficar com um guarda-roupa coerente. O que acham?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Um dia, falando com uma amiga (que tem o mesmo nome que eu, mas que é quase uma Senhora - ao contrario de mim), descobri que existia uma peça de roupa chamada camisola interior térmica e cheguei à conclusão que é fundamental para uma Senhora. Faz sentido, permite usar camisolas de meia estação sem passar frio, permite usar camisolas de inverno português em invernos mais frios. É a peça perfeita para quem quer usar looks menos pesados com tempo frio.

 

Iniciou-se então a minha busca, passei por todas as lojas típicas de shoopings, e nada. Nas lojas de roupa interior simplesmente não existiam e noutras lojas tentavam vender-me camisolas polares ou cardadas. Uma camisola térmica não é nada disto, é uma camisola fininha, que se usa junto ao corpo, que expele a transpiração e mantém a temperatura do corpo. A minha busca começou a esmorecer até que vi este post e me relembrei da importância de uma camisola térmica.

 

Até que um dia consegui! Estava a passar na rua das lojas, aqui na terrinha, e no meio do meu desespero (andava a tentar comprar roupa para entrevistas - é desesperante), decidi entrar numa loja de roupa interior onde nunca tinha posto os pés. Perguntei por camisolas térmicas e lá estavam elas, exactamente o que eu queria. Optei por uma camisola preta com decote normal que ainda por cima é de uma marca portuguesa, a Impetus.

 

Testei a camisola no inverno francês e passou completamente no teste. Mantém-me quentinha, tal como era pretendido. Acho que é mesmo uma peça fundamental estou muito satisfeita por finalmente ter comprado uma.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Eu sou um projecto de Senhora com uma sorte engraçada. Um dia destes, ia eu a caminho de uma reunião super importante (pelo menos para mim), com as minhas roupas de senhora, incluindo o meu único blazer preto, quando olho para baixo e reparo que o único botão do meu único blazer estava assim meio caído. Resultado, arranquei o botão e lá fui eu para a reunião à espera que ninguém notasse.

 

Bem, eu tinha mesmo intenção de coser o botão. Tinha... Primeiro, como preparação, decidi coser uns legging e uma espécie de calças que estavam a ficar descosidos entre as pernas. Agulha, linha, dar um nó na ponta, passar de um lado para o outro do tecido, nada de mais. O resultado final nem foi muito mau, já não tenho buracos na roupa, mas também não foi bom. Tendo em conta que só tenho um blazer e que o costumo usar em momentos mais formais decidi pedir a alguém com mais habilidade para coser o botão.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Falta exactamente um mês para o Natal, como tal decidi escrever uma lista de coisas que preciso/gostava, na esperança que alguém da minha família - que são as únicas pessoas que me oferecem prendas - passe por aqui. Se algum dos meus queridos leitores que quiser oferecer um presente, fique à vontade.

 

 

Ginásio


Luvas Fitness - Agora que tenho um plano de treinos a sério preciso de uma luvas, senão vou ficar cheia de calos nas mãos.

 

Garrafa de água - É perfeita porque trás um filtro incluído, assim a água da torneira perde aquele sabor característico. Acho que se encontra à venda no CC Colombo.

 

 

 


Roupa


A bem ser, o que eu precisava era de um guarda roupa totalmente novo. Há já um ano que não compro nada devido a uma mistura de falta de fundos com preguiça. O que eu vou fazer é um plano de compras e começar a comprar coisas boas e adequadas, aos poucos.

 

Calças de ganga - Tenho quase a certeza que estas são aquelas completamente perfeitas que experimentei na loja. Claro que só gostei das mais caras de todas.

 

 


Maquilhagem


A maquilhagem é fundamental para quem quer ser uma Senhora. Eu tenho os básicos, principalmente porque me foram oferecendo umas coisas, mas os meus produtos estão quase todos a acabar portanto preciso de TUDO!

 

Verniz - Este post explica bem a minha situação.

 

Eyeleiner - A questão existencial a seguinte: é melhor comprar algo mais em conta para treinar? Que marca recomendam? Eu ando inclinada para algo do género Avon ou Oriflame.

 

Curvex - A mesma coisa, nunca usei mas acho que ia resultar bem nas minhas pestanas. Compro um dos chineses ou vou para uma coisinha melhor e mais cara? A marca faz mesmo diferença?

 

Paleta de Sombras com muitas Cores - O meu sonho de consumo, de preferência com sobras mates.

 

Conjunto de Pincéis - Compro barato dos chineses/Primark ou de outra marca? E quais são os melhores pincéis para iniciantes? Na verdade eu uso principalmente as mãos quando me maquilho, portanto não vale a pena comprar algo demasiado caro.

 

Base nova - A minha estás mesmo quase a acabar (ao fim de vários anos). Tinha pensado nesta da Vichy.

 

Pó compacto - Eu tenho pele oleosa portanto é fundamental. Tem de ser um mesmo fininho que eu (e toda a gente) não gosto de ficar com a cara toda empoeirada.

 

Primer - Nunca usei, mas como tenho os poros muito dilatados acho que será uma boa aquisição. Alguém recomenda algo especifico?

 

Bem, vou arranjar maneira de por esta lista na barra lateral depois à medida que for comprando os produtos ou que me forem ofercendo vou tirando da lista. Assim não fico com coisas repetidas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

25
Out12

Cores

Nas minhas noites de insónia, a vaguear pela blogosfera descobri a teoria das cores ou, no titulo original, "Seasonal Color Analysis". Esta descoberta veio numa particular boa hora porque quero reconfigurar o meu guarda roupa para um mais de Senhora, e assim posso usar as cores certas e que mais me favorecem. Depois de muito pensar e  olhar para o espelho cheguei à conclusão de que sou um Warm Spring. Fiz mais alguns testes (incluindo o do livro da Pipoca) e todos me deram entre Spring e Autumm portanto Warm Spring deve ser mesmo a minha estação.

 

Resumindo, eu compro roupa por fases. A maior parte das vezes acho que o azul é a melhor cor de todas, e compro tudo em azul. Depois passo a achar que o armário está um pouco monocromático e inovo com uns castanhos, cinzentos e rosas. Tenho uma única camisola vermelha e não tenho nada verde. O verde é aquela cor de que não gosto mesmo nada, não há nenhuma razão lógica, apenas não gosto. Por norma fujo dos branco e das cores claras, porque se sujam muito mais depressa.
Continuando a minha análise fui ver as cores que supostamente me ficam melhor. Vários tons de azul (boa, aqui acertei!), verdes (bghac), uns pasteis a tender para o rosa (o que até nem é mau), e uns tons mais terra. O que simplifica muito a minha escolha de roupa, sei que há cores para onde não vale a pena olhar. Agora é só rever o guarda roupa e ver o que comprar.
Nomes das cores a começar peça esquerda (obrigado google translator): camel, bronze, castanho dourado, castanho escuro, pedra, cinza verde, pêssego, laranja claro, coral, vermelho tomate, amarelo, ...; ferrugem,  ..., verde, verde true light (luz-verdadeira?), evergreen (sempre verde?), esmeralda, turquesa, jade, azul-petróleo, musgo, deep periwinkle (profunda mirta?)

Para quem quiser ficar a saber mais sobre o assunto aqui ficam uns links:

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2017
  2. JAN
  3. FEV
  4. MAR
  5. ABR
  6. MAI
  7. JUN
  8. JUL
  9. AGO
  10. SET
  11. OUT
  12. NOV
  13. DEZ
  14. 2016
  15. JAN
  16. FEV
  17. MAR
  18. ABR
  19. MAI
  20. JUN
  21. JUL
  22. AGO
  23. SET
  24. OUT
  25. NOV
  26. DEZ
  27. 2015
  28. JAN
  29. FEV
  30. MAR
  31. ABR
  32. MAI
  33. JUN
  34. JUL
  35. AGO
  36. SET
  37. OUT
  38. NOV
  39. DEZ
  40. 2014
  41. JAN
  42. FEV
  43. MAR
  44. ABR
  45. MAI
  46. JUN
  47. JUL
  48. AGO
  49. SET
  50. OUT
  51. NOV
  52. DEZ
  53. 2013
  54. JAN
  55. FEV
  56. MAR
  57. ABR
  58. MAI
  59. JUN
  60. JUL
  61. AGO
  62. SET
  63. OUT
  64. NOV
  65. DEZ
  66. 2012
  67. JAN
  68. FEV
  69. MAR
  70. ABR
  71. MAI
  72. JUN
  73. JUL
  74. AGO
  75. SET
  76. OUT
  77. NOV
  78. DEZ
  79. 2011
  80. JAN
  81. FEV
  82. MAR
  83. ABR
  84. MAI
  85. JUN
  86. JUL
  87. AGO
  88. SET
  89. OUT
  90. NOV
  91. DEZ
  92. 2010
  93. JAN
  94. FEV
  95. MAR
  96. ABR
  97. MAI
  98. JUN
  99. JUL
  100. AGO
  101. SET
  102. OUT
  103. NOV
  104. DEZ