Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ser Senhora

Esta é a história de como me tornei Senhora. Uma Senhora a sério.

Ser Senhora

Esta é a história de como me tornei Senhora. Uma Senhora a sério.

A Minha Rotina de Pele III

Março 22, 2019

Há cerca de ano, escrevi um pouco sobre a minha rotina de pele, numa tentativa de fazer um sumário daquilo que aprendi nas minhas pesquisas sobre cosmética (com a ressalva de que há gente muito mais educada que eu na blogosfera portuguesa) e com os produtos que estava a utilizar na altura.

 

Apesar da base da minha rotina não ter mudado muito, e de continuar a ser baseada no artigo de 2018, os produtos que uso mudaram completamente. Porquê? Desejo de variedade. Não testo mil produtos por ano, espero até que um produto se acabe totalmente para por experimentar outro, mas mesmo assim consigo ir experimentando coisas novas.

20190321_214700.jpg

Limpeza

Foaming Cleanser, Cerave

 

Esta marca é um dos produtos de limpeza mais populares (ou falados) para peles acneicas. Claro que quando o vi na farmácia aqui da terra, a um preço simpático, decidi que ia ser o meu próximo gel de limpeza. Cumpre os meus principais critérios para um gel de limpeza, não têm tensioativos agressivos (SLS por exemplo) e tem um ph ácido (semelhante ao da pele). 

 

O único problema é que tem como ingredientes Phenoxyethanol, PEG-120 e Disodium EDTA. Ao que parece, de acordo com a aplicação Yuka, o primeiro é um potencial disruptor endócrino, irritante e potencial alérgeno. O segundo um irritante e o terceiro pode favorecer a passagem de alguns substancias através da barreira cutânea. Como este é um produto enxaguado, o PEG-120 e Disodium EDTA não me parecem muito preocupantes, mas o Phenoxyethanol deixa-me um pouco desconfortável. Como só descobri isto depois de comprar o gel, aliás já ia a meio, vou usa-lo até ao fim e ser mais cuidadosa quando comprar o meu próximo agente de limpeza.

 

Uso o Foaming Cleanser da Cerave todos os dias, de manhã e à noite.

 

Água

Atoderm SOS Spray, Bioderma

 

Borrifar é o passo mais luxuoso da minha rotina e também uma forma rápida e fácil de hidratar a pele. Principalmente se usarem águas com efeito extra hidratante, como esta da Bioderma (review aqui). Apesar de na altura não estar muito contente com o produto, agora, passados mais algumas semanas, noto que a minha pele está suave e repulpada na manhã seguinte à utilização. Como comprei 50ml estou quase a chegar ao fim, mas quero continuar a minha saga de testar àguas borrifantes que sejam extra hidratantes.

 

Uso o Atoderm SOS Spray da Bioderma à noite, quando não uso ácidos.

 

Ácido

Skinoren, ácido azelaico. 

 

Como continuo a ter tendência para acne, usar um àcido regularmente é fundamental para manter os pontos negros e brancos sobre controlo. O ano passado estava a usar ácido salicilico, desta vez decidi experimentar o ácido azelaico, que também é recomendado para quem tem acne. Como de costume, precisei de um tempo até que a minha pele se habituasse, e introduzindo-o lentamente na minha rotina. Comprei-o numa farmácia em Portugal, sem ser preciso receita médica. Como tudo o resto que eu possa escrever sobre ácido azelaico vai ser redundante, podem ir diretos a este artigo.

 

À data de hoje, uso o Skinoren - ácido azelaico, 3 vezes por semana (domingo, terça e quinta) à noite, logo após limpar pele.

 

Sérum

Sérum de Niacinamida, The Ordinary

 

O ano passado tinha mencionada que queria experimentar o sérum de niacinamida da The Ordinary. Este parece ser um dos poucos ingrediente que tem estudos científicos que comprovam a sua eficácia, notavelmente ao nível de regulação da produção de sebo e da ação anti-inflamatória. Comprei  o sérum na loja física de Deciem, porque em Janeiro fui a Londres (pela primeira vez!) e aproveitei para passar pela loja. Não sei se estou a experimentar os tais benefícios testados cientificamente, mas a minha pele tem um tom uniforme (nada de vermelhidões).

 

Uso o Sérum de Niacinamida da The Ordinary todos os dias, de manhã. Ponho uma goto na testa, uma em cada bochecha e depois espalho.

 

Creme Hidratante

Ultra Sensitive, Eurecin

 

Durante o ano passado, além do período curto em que utilizei creme do corpo também na cara, alternei entre dois cremes hidratantes, o Sensidiane da Noreva e o Sensifine da SVR. Este ano queria experimentar cremes novos, desde que cumprissem com os seguintes critérios: nada de silicones nem óleos minerais, para peles sensíveis e menos de 20 euros por embalagem. Encontrei o Eurecin na farmácia, e já vou na segunda embalagem. Este creme só tem estritamente necessário (13 ingredientes no total), mas vem numa embalagem de 50 ml que se gasta num instante. O creme não tem cheiros especiais (não há fragrâncias na composição), absorve rapidamente e nada mais tenho a dizer, que é o que eu pretendo de um creme hidratante.

 

Uso o Ultra Sensitive da Eurecin de manhã e à noite como ultimo passo da rotina. 

 

A minha rotina é mais ou menos isto:

 

 

 

AM

PM

Limpeza

Cerave

x

x

Ácido

Acido Azelaico

 

x (uso alternado)

Água

Bioderma

 

x (uso alternado)

Sérum

Niacinamida

x

 

Creme hidratante

Eurecin

x

x

 

Para motivar as pessoas que ainda não têm uma rotina de pele e usam a desculpa da falta de tempo, decidi cronometrar quantos minutos que demoro a completar a minha rotina da manhã e da noite. O resultado foi:

 

AM: 2 minutos e 24 segundos

PM: 2 minutos e 14 segundos (fica para domingo)

 

A desculpa da falta de tempo é pouco válida. De resto é como tudo na vida, é preciso ter vontade e gosto naquilo que se faz.

 

Fora da rotina mas que impactam a pele

Continuo a evitar todo o tipo de lacticínios. Continuo a tentar beber água suficiente (pelo menos 1 litro por dia, sem contar com outros líquidos). Continuo a não por a cara debaixo do chuveiro. E, por falta de ocasião, quase nunca uso maquilhagem.

 

Próximos passos

As outras coisas que devia implementar na minha rotina são exatamente as mesmas de que falei no post de 2018: creme de olhos e protetor solar.

 

Em relação ao creme de olhos, se calhar devia/precisava/está na hora de usar um creme de olhos, tenho algumas rugas à volta dos olhos, principalmente quando me rio. Eu sei que devia começar a tomar algumas ações para desacelerar o aparecimento de rugas, mas por preguiça, ainda não me dediquei a investigar o que é que faz um bom creme de olhos, que ingredientes devo evitar e quais devo procurar. Se tiverem sugestões agradeço.

 

Como uso ácidos regularmente, a minha pele está mais sensível e precisa de proteção solar. Mas, ainda não estou totalmente convencida, porque o sol não abunda por estes lados e a vitamina D é me muito preciosa (este inverno foi tão mau que tive de tomar um suplemento prescrito para combater a tristeza invernal). Como ainda não percebi a relação o protetor solar e a absorção de vitamina D, vivo num sitio com 1800 horas de sol por ano (por comparação, Portugal tem em média 3200 horas de sol por ano), e passo a maior parte dos dias dentro de edifícios acho que o risco para a minha pele não é assim tão grande. O fator preguiça também entra aqui, se usar protetor tenho que começar a fazer double cleansing, coisa que não me apetece nada.

Review Bioderma Atoderms SOS Spray

Fevereiro 15, 2019

Eu gosto muito de me borrifar. Foi um passo não-essencial que entrou na minha rotina há um ano e ainda não saiu. Ao longo do tempo experimentei aerossóis/borrifos/sprays/vaporizadoes minerais (águas termais enriquecidas) e vegetais (água de uvas e de rosas). Desta vez, quando a minha água de rosas chegou ao fim decidi experimentar um terceiro tipo, um borrifo hidratante. 

 

Produto

Bioderma Atoderms SOS Spray

3401528546402_0.png

Ingredientes

AQUA/WATER/EAU, GLYCERIN, DIPROPYLENE GLYCOL, ISOSTEARYL ISOSTEARATE, SUCROSE STEARATE, SQUALANE, MICROCRYSTALLINE CELLULOSE, PENTYLENE GLYCOL, GLYCYRRHETINIC ACID, DISODIUM EDTA, CELLULOSE GUM, D.A.F. (DERMATOLOGICAL ADVANCED FORMULATION), POLYACRYLATE CROSSPOLYMER-6, TAMBOURISSA TRICHOPHYLLA LEAF EXTRACT, TOCOPHEROL, LECITHIN, HELIANTHUS ANNUUS (SUNFLOWER) SEED OIL, NIACINAMIDE, CAMELLIA SINENSIS LEAF EXTRACT, FRUCTOOLIGOSACCHARIDES, CAPRYLIC/CAPRIC TRIGLYCERIDE, LAMINARIA OCHROLEUCA EXTRACT. 

 

Usei este e este site para fazer uma rápida análise dos ingredientes e categorizar cada ingrediente de acordo com as suas funções. Além do necessário para manter uma utilização agradável (controlo de viscosidade), este spray tem bastantes ingredientes hidratantes e emolientes. O destaque vai para a glicerina (que é um umectante) e para o esqualano (que previne a perda de água). De acordo com a Bioderma, outro ingrediente excelente é o D.A.F., um misterioso "composto natural patenteado" que supostamente aumenta a resistência da epiderme às agressões externas.

 

A minha experiência

O Atoderm SOS Spray, não é um spray hidratante. É um spray para quem sofre de pele atópica e com prurido  (vulgo comichões). De acordo com a minha auto análise, a minha pele do rosto não é seca, é desidratada, e na cara nunca tive comichões. É claro que se o produto não é adequado ao tipo de pele, o resultado não vai ser o pretendido. Para mim o Atoderms SOS Spray é demasiado rico e deixa-me a pele ligeiramente oleosa.  Em relação à utilização, eu estava habituada à bruma suave e delicada da água de rosas, e por comparação este é uma mangueira dos bombeiros.

 

Para conseguir gastá-lo, tenho andado a borrifar-me à noite, nos dias em que não utilizo ácido. Ainda bem que comprei o tamanho pequeno de 50ml!

 

Produtos alternativos

Ajudem-me! Eu só encontrei um da Jowaé e outro da Occitane. Vocês conhecem mais alguma bruma hidratante (que não seja preciso mandar vir da internet)?

A minha rotina de pele II

Abril 25, 2018

A primeira parte do post está aqui.

Photo on 4-25-18 at 18.10.jpg

Limpeza

Ao nível da limpeza estou estabilizada. Nos raros dias em que uso maquilhagem limpo primeiro com o óleo de limpeza da Claudalie (que tem durado uma eternidade). Depois uso um gel de limpeza da Ducray* para peles com tendência acneica. 

 

Três pontos importantes ao escolher os vossos agentes de limpeza. O óleo não deve conter óleos minerais (aka parafin, petrolatum, ect) porque pode obstruir os poros. Se utilizarem um gel de limpeza, este não deve conter Sodium Laureth Sulfate e deve ter um ph ácido. 

  

Ácido / Tónico / Esfoliante

O tónico ou ácido têm um efeito esfoliante, poros ficam limpos e a pele fica mais uniforme. Uma vez que a esfoliação é química o resultado é mais uniforme e menos agressivo para a pele.

 

Como a minha pele é sensível, uso o ácido salicílico da The Ordinary apenas 3 vezes por semana. Uso um disco de algodão para fazer a aplicação e, desde que o comecei a fazer, noto que a minha pele deixou de estar avermelhada no dia depois de usar o ácido.

 

Água

Eu sei que mostrei alguma descrença no efeito de borrifar a cara com água cara, mas é verdade é que noto uma ligeira diferença. É muito mais fácil espalhar cremes numa cara húmida que numa pele perfeitamente enxuta. Tenho andado a usar a Eau de Vigne de Claudalie*.

 

Creme de Olhos

A comprar urgentemente, não estou a ficar mais nova nem com menos rugas! Ainda não me dediquei a procurar intensamente, mas quero algo que não seja caro, que não tenha silicones, que seja hidratante e que faça efeito. Alguém tem recomendações?

 

Ando a pensar neste* mas ainda não estou 100% convencida

 

Sérum / Óleos / Essências

Recentemente tenho usado 3 produtos nesta categoria: o Ácido Hialuronico da The Ordinary; o Buffet também da The Ordinary e a Essência Hydraliane da SVR.

 

Usei o Ácido Hialuronico da The Ordinary durante uns meses, no Outono/Inverno, e acho que teve o efeito exatamente oposto na minha pele. Penso que o facto de passar a grande maioria do tempo em espaços aquecidos e muito secos faz com que não haja humidade suficiente na atmosfera para que o ácido hialuronico funcione de maneira apropriada. Quando deixei de usar este sérum passei imediatamente para o Buffet.

 

O Buffet da The Ordinary é um sérum com muitas coisas boas misturadas, incluindo peptídeos. De há 2 meses para cá que uso este sérum à noite, nos dias em que não uso Ácido Salicílico e, apesar de não conseguir especificar o exatamente o efeito deste sérum na minha pele, houve uma melhoria positiva.

 

A mais recente inclusão na minha rotina foi a Essência Hydraliane da SVR. O produto vem num frasco azul e é muito fluido, aplico-o todos os dias à noite e de manhã quando sinto a minha pele mais desidratada. Como o comecei a usar há pouco tempo ainda não tenho uma opinião formada, mas se quiserem daqui a umas semanas posso escrever um post com uma análise dos ingredientes.

 

Não preciso de adicionar nenhum produto nesta fase da minha rotina, mas se quisesse experimentar coisas novas adicionava ou um Roseship Oil ou/e um sérum de niacinamida da The Ordinary.

 

Creme Hidratante

Foi difícil arranjar um substituto para o meu mui amado Sensifiane da SVR. Quando a embalagem que estava a usar acabou comecei a usar o meu creme de corpo (que não tem silicones, tem niacinamida, mas é rico de mais para a minha pele). Fiz algumas pesquisas, passei algum tempo na farmácia a ler rótulos e segui o conselho da Caroline Hirons de escolher um creme de rosto de acordo com o tipo de pele e de não gastar demasiados €€ neste passo da rotina. Acabei por me decidir pelo Sensidiane da Noreva*.

 

Protetor Solar

Confesso que não uso protetor no dia a dia. Ainda não me informei sobre os benefícios do protetor vs absorção de vitamina D.

 

Os links com (*) são afiliados.

A minha rotina de pele I

Abril 18, 2018

Fui a Portugal na Páscoa e a minha mãe, o meu irmão, a minha tia e a minha esteticista elogiaram a minha pele :) Devo estar a fazer alguma coisa de correto, portanto quero partilhar convosco a minha rotina de pele e os passos que tomei para a desenhar.

 

Comecei por fazer um auto diagnóstico. Aqui podem ler artigo de alguém que é muito mais educado no assunto que eu mas, de maneira resumida, a pele pode ser a ser classificada em 4 tipos (normal, seca, oleosa, mista) e 5 estados (desidratada, sensível, hiperpigmentada, envelhecida, acne, rosácea). Para complicar, cada zona do rosto pode ser de um tipo diferente e ter estados diferentes.

 

A minha pele é quase tudo. O tamanho dos meus poros na testa, nariz, queixo e bochechas é o sinal típico de pele oleosa nestas zonas. As linhas finas entre os poros são um sintoma de desidratação. Apesar dos meus esforços continuo a ter umas borbulhas de vez em quando. Começo a ter rugas nas zonas dos olhos. E, a cereja no topo do bolo, é a sensibilidade que se manifesta com a facilidade com que fico vermelha.

Screen Shot 2018-04-18 at 13.19.02.png 

Depois deste primeiro passo a identificar as os tipos e estados da minha pele comecei a pensar numa rotina. A minha fonte de informação foi a Caroline Hirons, tanto para saber que aspetos tratar primeiro como também para saber quais os diferentes passos e tipos de produtos que devem ser incluídos numa uma rotina de pele.

 

De acordo com a CH uma rotina de pele deve ter os seguintes passos: limpeza (dupla à noite), esfoliação, spray hidratante, creme de olhos, sérum/óleos, creme hidratante, protetor (apenas de manhã). Em relação aos problemas a tratar, a ordem de prioridade é a seguinte: sensibilidade > desidratação > oleosidade > acne.

 

Picture1.png

Icons daqui 

 

No próximo post falarei dos produtos que uso em casa fase da minha rotina de pele. Hoje quero apenas falar-vos de algumas mudanças que, apesar de não estarem diretamente relacionadas com a minha rotina de pele, me ajudaram a atingir uma tez mais elogiosa. 

 

Deixei de molhar a cara no chuveiro

Eu gosto de tomar banho com muito água quente e inevitavelmente molhava a cara, principalmente ao encher a boca de água (eu sei que é um hábito estranho). Como a água demasiado quente compromete a barreira da pele, decidi deixar este mau hábito. Simplesmente comecei a lavar os dentes antes do duche e deixei de molhar a cara no banho. A minha pele agradece. 

 

Deixei de comer lacticínios

Pode parecer estranho, mas os lacticínios interferem de maneira indireta com a produção de sebo e hormonal, o que pode resultar em acne. A explicação longa com referências cientificas está aqui

 

Deixei de usar produtos com silicone ou óleo mineral

O silicone (aka dimethiconecyclopentasiloxane, etc) e o óleo mineral (aka parafin, petrolatum, etc) podem obstruir os poros, e são dois ingredientes a ser evitados por pessoas com pele acneica. Já aqui narrei a minha difícil procura por um creme de rosto sem silicones. O que ainda não tinha partilhado é que também não uso cremes de corpo com silicones ou óleos minerais. O condicionador de cabelo também não contém silicones.

 

Amanhã publico um post com os produtos que uso em casa fase da minha rotina.

Review SVR SENSIFINE

Fevereiro 09, 2018

No inicio do ano passado, quando me comecei a interessar de novo por dermocosmética, fiz uma pesquisa sobre que ingredientes usar numa pele acneica e desidratada. Fiquei com uma ideia muito concreta do creme hidratante que a minha pele precisa, algo sem silicones nem óleos minerais (que agravam o acne) e com niacinamida e esqualeno (que promovem a hidratação).

 

E assim começou a procura de um creme perfeito. Pesquisei no Google, li fóruns, blogs e sites de reviews, esquadrinhei sites de marcas e não encontrei nada que satisfizesse os meus critérios. Até que um dia fui à farmácia da esquina, a atendente olhou para a minha pele e recomendou-me o SVR SENSIFINE. Olhei para os ingredientes e BAM! Correspondia a todos os meus critérios. 

 

Produto

SENSIFINE, SVR

 

Screen Shot 2018-02-10 at 02.03.08.png

Ingredientes

Aqua (Purified Water)

Gossypium Herbaceum (Cotton) Seed Oil 6%

Squalane 5%

Corn Starch Modified

Glycerin

Niacinamide 2%

Tocopherol

1-2 Haxanediol

Acrylates C10-30 Alkyl Acrylate Crosspolymer

Ethylhexylglycerin

Sodium Hydroxide

Xanthan Gum

 

AQUA - dispensa apresentações

 

GOSSYPIUM HERBACEUM (COTTON) SEED OIL aka Óleo de Algodão – rico em vitamina E e Omega-3, reduz vermelhidões, hidrata, acalma, e melhora a aparência da pele

  

SQUALANE aka Esqualeno - oleo que é produzido pelo organismo. Penetra na pele rapidamente, hidrata e acalma

 

CORN STARCH MODIFIED aka Amido de Milho Modificado – mais parece um ingrediente de cozinha, mas neste caso funciona como veículo para os ingredientes ativos  

 

GLYCERIN aka Glicerina –  hidrantante

 

NIACINAMIDE aka Niacinamida – um dos dos poucos ingredientes de cosmética cujo efeito é suportado por estudos científicos. A niacinamida melhora a capacidade de hidratação da pele, a sua textura e regula a produção de sebo. Aqui está um artigo que explica o funcionamento da niacinamida em detalhe

 

TOCOPHEROL – uma forma de vitamina E (antioxidante) que protege a pele de stess ambiental e melhora a firmeza e acelera a cicatrização. Mais informação aqui.

 

1-2 HAXANEDIOL – solvente que liga água e óleo, impacta a textura do produto

 

ETHYLHEXYLGLYCERIN – conservante

 

SODIUM HYDROXIDE aka Soda Caustica – confesso que me assustei quando vi este ingrediente. É altamente irritante e serve para balancear o ph do creme. Como é o penúltimo ingrediente da lista tem uma baixa concentração no produto final. 

 

XANTHAN GUM aka Goma Xantana – melhora o tempo de prateleira e viscosidade do creme

 

A minha experiência 

Três embalagens depois posso dizer que gosto muito deste creme. Não é milagroso e não substitui uma rotina de pele completa, mas quando o uso sinto a pele confortável, mais uniforme e com menos vermelhidões.

 

Como podem ver é um creme com ingredientes que fazem efeito como a niacinamida, vitamina E, esqualeno e glicerina. A composição é bastante reduzida, apenas 12 ingredientes, sem silicones nem óleos minerais que que possa afetar negativamente uma pele sensível. A embalagem é outro ponto a favor, um híbrido entre uma bisnaga e um pump que faz com que o produto não entre em contacto com o ar e esteja sujeito a contaminações. O preço também é muito interessante, custa cerca de 13€ por 40 ml e é fácil de encontrar em farmácias francesas.

 

Produtos alternativos 

Eu até queria experimentar cremes novos, mas ainda não conheci nada que fosse equivalente. Se tiverem sugestões deixem um comentário!!

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D